Ministro defende intervenção até 31 de dezembro

Telegram

O ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, defendeu hoje que a intervenção federal no Rio de Janeiro seja mantida até 31 de dezembro, como está previsto, publica o Estadão.

“A operação de garantia da lei e da ordem, que está dando corpo às atividades, está prevista para ser encerrada em 31 de dezembro. Entendemos que o planejamento feito pelo interventor considera isso. Considero que deva terminar no dia 31, que não seja antecipada, nem tampouco, postergada.”

Comentários

  • Cirval -

    Inocentes acreditam que o Bolsonaro vai acabar com a bandidagem. É só retórica, pois nem as Forças Armadas conseguiram por limites nos bandidos. O buraco não é nem acima, nem abaixo. É em outro lugar

  • Ulisses -

    ❌ Militares e traficantes vão comemorar o Reveillon 2019 com tiros de balas traçantes no céu do Rio de Janeiro. Será um espetáculo imperdível!

  • Renato -

    Enaquanto isso em Rondonia...lá é que deveria haver intervençao pra impedir essa invasao de Venezuelanos. o Brasil mal conseue dar conta dos miseraveis daqui. Vergonha!

Ler 25 comentários