ACESSE

Ministro diz que Bolsonaro vetou repasse para não cometer 'crime de responsabilidade'

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, foi às redes sociais explicar o veto de Jair Bolsonaro à destinação de R$ 8,6 bilhões do extinto Fundo da Reserva Monetária do BC a estados e municípios, para o combate ao novo coronavírus.

Segundo Oliveira, o governo vetou o repasse “para não ferir regras orçamentárias e cometer crime de responsabilidade. O dinheiro abaterá dívida pública”.

O ministro acrescentou que, em 28 de maio, o presidente “sancionou R$ 60 bilhões para combate ao Covid-19, além de diversos créditos ao Ministério da Saúde para esse fim”.

Leia também: Pandemia: quem pode conduzir a crise no Brasil?

Comentários

  • Maria -

    PANÇUDO INDECENTE!

  • Antonio -

    É para ferrar os estados mesmo não entregou nada de respiradores,testes máscaras ,só entregou um pouco de Cloroquina

  • Mcz -

    Ele tira o dele da rede e coloca o do povão.Legal

Ler 33 comentários