ACESSE

Ministro do STJ homologa delação de ex-secretário de Saúde do Rio

Telegram

Benedito Gonçalves, do STJ, homologou o acordo de delação premiada que o ex-secretário estadual de Saúde do Rio Edmar Santos assinou com a PGR, informa O Globo.

Em sua delação, Edmar admitiu um esquema de corrupção em contratações do setor de saúde realizadas no governo de Wilson Witzel e acusou o governador de envolvimento nessas irregularidades. Pelo acordo, ele se compromete a devolver cerca de R$ 8,5 milhões aos cofres públicos.

Edmar assumiu a secretaria de Saúde logo no início do governo Witzel, em janeiro do ano passado, e foi afastado pelo governador em maio deste ano, em meio a suspeitas de irregularidades na compra de respiradores em meio à crise da Covid-19.

O ex-secretário foi preso em 10 de julho e, a pedido da PGR, solto em 6 de agosto pelo mesmo Benedito Gonçalves que hoje homologou sua delação.

Leia mais: Sócios no desastre: a responsabilidade dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários