ACESSE

Ministro do STJ solta auditor preso por propina e critica juiz da Lava Jato

Telegram

O ministro do STJ Ribeiro Dantas ordenou a soltura do auditor fiscal Marco Aurélio Canal, preso em outubro na Operação Armadeira por usar sua função na Lava Jato no Rio para cobrança de propinas, informa a Crusoé.

Dantas considerou que não há provas de que Canal será um risco às investigações do caso e criticou a decisão de Marcelo Bretas que determinava a prisão do auditor.

Leia a reportagem:

Ministro do STJ critica juiz da Lava Jato no Rio ao soltar auditor preso por propinas

O 'RACHID' DE QUEIROZ. E O DO PT. Leia aqui

Comentários

  • Uirá -

    Curioso, né, o homem que "coordenou" a ação para acessar dados de Gilmar Mendes e a mulher agora é solto pelo STJ. Lembrando que "acidentalmente" os dados de Gilmar foram parar nas mãos da Fibria.

  • Raimundo -

    CARINHA DE MAL. É A CARA DO GILMAR MENDES, CAGADO E CUSPIDO. COMO DIZIA OS ANTIGOS.

  • Guilherme -

    Os juízes do STF e STJ que fazem parte da grande orcrim do judiciário se revelam a céu aberto. Certos da impunidade que praticam.

Ler 95 comentários