Ministro do Planejamento abre mão de R$ 18 mil

Dyogo Oliveira vai abrir mão de um jeton de R$ 18 mil mensais que recebe como conselheiro fiscal do Senac, uma empresa não governamental.

A decisão do ministro do Planejamento veio após a imprensa destacar que sua remuneração e a de outros ministros excedem o teto do funcionalismo, de 33.700 reais.

Sem o jeton (remuneração dada aos membros de órgãos colegiados por sessão a que comparecem), Oliveira passará a ter um salário líquido de R$ 22.527,52, mais vale alimentação de R$ 458.

“Diante da importância do debate sobre o teto remuneratório dos salários do serviço público, o ministro está renunciando ao jeton do Senac, mesmo que respaldado legalmente e estudará medidas para propor que os jetons também se enquadrem dentro do teto de todos os servidores públicos”, diz a nota do ministério.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Hildebrando disse:

    Eis uma verdadeira aberração. "Empresa não governamental" que vive exclusivamente à custa de recursos públicos, da contribuição (imposto) compulsória embutida na guia do INSS de todas as empresas brasileiras. Essas empresas - SENAC, SESI, SESC, SENAR, etc. e não sei quantas mais não prestam contas à sociedade do que fazem. A polícia devia virar o holofote um pouquinho pra elas.

    1. Pois é, olha quanto este tipo de contribuição na folha de pagamento das empresas privada representa. por isso que um empregado custa para uma empresa, além do salário recebido, mais 127% , se o empregado ganha 1.000,00 ele custa pra empresa 2. 270,00.

Ler comentários
  1. JR SCORPION disse:

    Ele também vai abrir mão do vale alimentação ? Com um salário de 22.000,00 acho que não precisa.

  2. O que faço? disse:

    Não sei mais o que fazer para comentar! Esse sistemeco novo não me aceita e não sou MAV!

    1. Também não sou MAV e ele não me aceita. Nem posso mais dizer Go, Lava Jato. Vai limpando....

    2. Demora para o comentário aparecer, diferente de como era antes, quase instantâneo! Mas se for para impedir os que usam essa área para xingar e encher de bobagens, mesmo com a demora ficou 10! A gente espera um pouquinho aqui também, já que estamos acostumados a esperar para ver se esse país toma jeito! E se esses políticos se enxergam !

  3. José o indiginado disse:

    Realmente um cara rico que pode se dar ao lixo de receber 60% do que ganhava em brasília e continuar rindo, bando de hipóritas, vc paga pelo plano de saude e de seus familiares, paga qto? O governo te reembolsa? Recebe cartão corporatiovo para almoçar onde quiser e viajar no fim de semana? Tem empregado/s pago pelo governo? Mostra uma planilia em exel da mágica que vc pretende fazer para sobreviver com 18k a menos? O mesmo se aplica a Raquel Dodge, tudo pago por fora e que não sai da folha salarial, todos jogando para ficarem bunitinho na foto, agora eu quero ver o a Carmen lúcia mostrar todos os salário, beneficios, plano de saude, passagens, cursos pagos de todos os ministros de STF, STJ, inclusive os dela, com sua aposentadoria de professora que nunca aparece para dar aula e ganho que Gilmar Mendes obtem mensalmente do governos estaduais pelo seu instituto de direito? Não é só ele ter o curso (que é legal) mas o quanto vem de alunos e qto vem de subsidios dados pelas empresas estatais para ele. No fundo é o mesmo problema do financiameto de campanha eleitoral, financie o seu curso com dinheiro de estudante, e não do meu dinheiro que os governadores repassam para ele. Quem acredita que essa máfia quer o bem de alguem a não ser deles próprios está se sendo enganado

  4. Catzilla disse:

    O vale alimentacão é hoje dia o salário de muitos brasileiros que são autônomo, e jamais consiguirão emprego com carteira assinada, e deve ter outros pinduricalhos que poucos deven seber.

  5. Catzilla disse:

    Vale alimentação com salário acima do teto, duplo carpado na cara do brasileiro desempregado.

  6. Hammer disse:

    Chega a soar estranho quando um agente público brasileiro age de acordo com valores e princípios éticos, tão cheio de canalhas que está o serviço público em todos os poderes. Aliás, deveria ser uma diretriz da presidência, dado que o exemplo é como água e não "cai" de baixo para cima.

    1. Eu não voto em quem trai o meu voto e abre mão do cargo no legislativo aceitando cargo em ministério ou estatal. Isso é TRAIÇÃO AO MEU VOTO, traição das mais baixas ao eleitor que o elegeu, pois ele usa o eleitor para subir na vida. E nem cumpre com o que prometeu na campanha! Dane-se o eleitor! E entra um outro boçal no lugar dele, que nem eleito foi, para resolver sobre leis que me afeta! E eu nem posso reclamar pra ele! Mas depois que vira ministro, se não se reeleger para o legislativo, vai ser diretor ou presidente de alguma empresa dessas que vai fazer muita falcatrua, pois vai usar seu currículo e conhecimento para obter facilidades e influência dos cupinchas que estão no poder! O sistema está todo errado! Diga NÃO ao político que voce elegeu e que te deixou na mão para ocupar cargo no executivo!

    2. Não Hammer, o serviço público não está assim tão cheio de canalhas como vc pensa! Canalhas tem em todas as profissões e atividades, e tem também no serviço público! Mas não como se diz por aí! O que ocorre é que no serviço público, principalmente no executivo, admite-se aceitar politicos eleitos para o poder legislativo para ocuparem cargos de ministros e presidentes de estatais. Voce vota no cara para deputado ou senador pelo que ele diz que vai fazer e ele larga o Congresso para ser um executivo. Aí está a promiscuidade entre os poderes! O cara para ocupar um cargo no executivo deveria renunciar ao cargo no legislativo! Ou judiciário! Uma coisa ou outra! A maioria das vezes o cara nem entende nada sobreve o tema do ministério que ele ocupa e fica na mão dos espertalhões oportunistas que tem dentro dos ministérios e estatais! Ministério e estatais deveriam ser exclusivos para cargos técnicos! Daí essas legislações que atendem segmentos A ou B, direcionadas aos seus Estados e compadres, sem enxergar o país como um todo! Troca-se ministro como se troca de roupa! Isso sem falar nos cargos comissionados apadrinhados de políticos, o que é um absurdo! A promiscuidade entre os poderes, inclusive o STF, é o problema! Porque não fica cada um no seu quadrado?

  7. Porque pagam 2 vezes? disse:

    O que tem que acabar é o pagamento de jetons absurdos para o sujeito ser conselheiro de estatal ou autarquia. Ele já não está ocupando um cargo público e ganhando pra isso? Fazer parte de conselhos não faz parte de suas atividades como ocupante do cargo pelo qual recebe salário? Então porque receber de novo? Isso é pagar 2 vezes pelo mesmo serviço! Com o nosso dinheiro! Dê somente a passagem aérea em vôo comercial mais barato, como fazem com todos os servidores públicos, independente dele ser ministreco ou não! E parem de jogar dinheiro público no lixo! E alguém pode me dizer porque tem que ter representação de alguém do poder nesses conselhos? Pergunte lá a esse ministro se ele sabe de fato, a fundo, sobre o que ele aprovou nas últimas reuniões do conselho dessas empresas que ele participa e recebe por isso ! Façam o teste! Vão concluir que não serve pra nada isso, só para encher o bolso de políticos!

    1. Perfeito. Além disso é fácil acabar com esses acúmulos. É só criar uma conta única de pagamento para quem exerce uma atividade pública. É caso ultrapassasse o teto, dentro do mês de pagamento, seria estornado automaticamente.

  8. Estarrecido disse:

    que bacana, o "mãis de tesoura" escondia que ganhava acima do teto, e saiu cortando prá tido lado. Quando faz barba cai serragem, e o pós barba do bacana é óleo de peroba. esses caras sáo muito desavergonhados, impressionante

    1. Não, Luiz, além de parar de receber ele tem que devolver o que recebeu indevidamente e com correção! Ele e todos os que receberam acima do teto! Simples assim! Além disso, deveriam ser processados administrativamente e criminalmente, pois sabiam que recebiam o que não deveriam! ISSO É CRIME! Se apropriou indevidamente do que não lhe cabe! Isso sim é SIMPLES ASSIM!

    2. Não esconde mais. Isso é que importa. Que os demais copiem esse gesto. Simples assim.

  9. Brasileiro entristecido disse:

    me dá, me dá, me dá um jeton ai! hahahahah mordomia maior que essa existe em outros poderes, mas a imprensa fecha os olhos...

  10. Estarrecido disse:

    que bacana, o "mão de tesoura" escondia que ganhava acima do teto, e saiu cortando prá tido lado. Quando faz barba cai serragem, e o pós barba do bacana é óleo de peroba. esses caras sáo muito desavergonhados, impressionante

  11. Luigi disse:

    ELE PRIMEIRO PRECISA DEVOLVER O DNHEIRO ROUBADO DO POVO. ELE NÃO FEZ NADA,ABSOLUTAMENTE NADA NO SENAC . DEVOLVE JÁ . ABRIU MÃO .? Parem com palhaçada , surrupiou na mão grande,senão fosse noticiado ia ficar recebendo . É sem vergonha mesmo ,coisa de 90 % Dos brasileiros.

  12. Daisy disse:

    A verdadeira solucao seria a proibicao - por razoes obvias - de que membros do governo (sobretudo um Ministro do Planejamento) facam parte do conselho de uma empresa nao governamental. Em autarquias ou em outros casos em que o governo necessite contar com um representante que defenda os interesses (do povo, eh bom lembrar), a proibicao deveria abranger detentores de cargos mais altos na hierarquia do poder. Nossos politicos estao sempre tentando nos ludibriar, posando de sacrificados, quando nao fazem mais que sua obrigacao moral. Por exemplo, o que Dilma Rousseff ou Guido Mantega foram fazer no Conselho da Petrobras, alem de encherem os bolsos deles e do PT de dinheiro?

  13. Francisco S disse:

    Como dizem por aí: "só cobra criada". Só depois da imprensa? Ganha mais de 22 mil e ainda ganha vale alimentação de 452? Só para comprar cachorro-quente.

  14. Terra disse:

    Um mês de salário dos servidores da União banca um ano de Bolsa Família Orçamento para o programa Bolsa Família em 2017 prevê o gasto de R$ 29,7 bilhões. No mês de junho, União gastou R$ 29,5 bilhões para pagar servidores da ativa, pensionistas e aposentados http://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/um-mes-de-salario-dos-servidores-da-uniao-banca-um-ano-de-bolsa-familia-1jwoeifqseuw7mp5sml99gxbr

  15. analu disse:

    O ministro "....estudará medidas para propor que os jetons também se enquadrem dentro do teto de todos os servidores públicos”. Tenho uma sugestão: proíbam o servidor público - qualquer servidor - de participar de Conselhos. Ou que participem sem ganhar esses jetons imorais.

  16. Cesaria disse:

    Eu sou a mulher de Cesar. Nao basta eu ser honesta. Eu tenho que parecer honesta.

  17. WILTON disse:

    DORIA NEWS Assim como todos os partidos CANALHAS, o blog outrora bem cotado “O ANTAGONISTA” resolveu plantar a semente e assumir um novo nome: DORIA NEWS. Até o fim desta edição muitas REGAS serão feitas. Estão correndo SÉRIO RISCO de passar a MESMA vergonha da MÍDIA AMERICANA com o lançamento da HILLARY NEWS. *BOLSONARO 2018*

  18. Benito Evans disse:

    Se não fosse a Imprensa vazar essa mutreta estaria recebendo na boa, caladinho. Corta aqui, corta ali, tira um pouquinho do pobre, achata o salário do joão-ninguém e ele mesmo, 'ministrão', não corta nada dele, né? Viva a Imprensa livre!

  19. Firmino Ribeiro Sampaio disse:

    Precisamos acabar com esses SSSSSS Sesc Sesi Senais da vida. Quem paga? Os empresários e trabalhadores...quem recebe ...os políticos , os amigos e as mordomias nas suas falcatruas. Querem fazer um teste. Tente conseguir ficar numa Colonia de Férias no final de ano...estão todas reservadas aos políticos e amigos do corrupto presidente da Fiesp

    1. Não acho que precise acabar com o sistema S. Conheço gente que se qualificou pelo sistema do SenaI e Sesc e que se empregaram com facilidade após o curso. O que precisa é acabar com essa mamada de jetons para conselheiros políticos para depois eles dizerem que não sabiam de nada, como ocorreu em Pasadena! E no escândalo de corrupção da Petrobras! Se eles recebem dinheiro público deve haver auditorias rigorosas para saber se o dinheiro está sendo realmente aplicado. Mas o sistema S parece que é uma das poucas coisas que funcionam pois a gestão é privada!