Ministro reconhece que há brasileiros ligados a jihadistas

O general Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do GSI, disse ao Estadão que há brasileiros ligados a jihadistas, mas “não dá para falar em célula terrorista” no país.

Etchegoyen disse que há dois anos a Abin detectou um grupo que mantinha contato com integrantes do Estado Islâmico, mas que eles “não tinham dimensões significativas”.

O ministro destacou que “não podemos mais dizer que esse problema não existe no Brasil”. “Tanto que há pessoas presas. Só que a dimensão é menor do que em outros países, como EUA e França.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Em 2016, a PF prendeu 12 suspeitos de planejar um atentado terrorista nas Olimpíadas do Rio. Os presos foram “recrutados pela internet” (jura?), faziam parte uma “célula do EI no Brasil” e se auto intitulavam “Defensores da Sharia”. Parece piada, mas não é. Como a Internet hoje é o paraíso dos idiotas, como disse Umberto Eco, daqui a pouco teremos um “atentado” no Brasil. Quem sabe alguns desses anormais que querem voltar à Idade Média não sai por aí atropelando alguém em nome de Alá? Mas como já temos 60 mil homicídios por ano, talvez ninguém note, não é mesmo? E se foram presos e não mortos, como na Europa ou nos EUA, podem, quem sabe, pedir asilo por aqui. Basta algum advogado do PT, PSOL ou PCdoB entrar com um “HC”. Sorte a nossa que brasileiro não presta nem pra terrorista…

Ler mais 25 comentários
  1. Em 2016, a PF prendeu 12 suspeitos de planejar um atentado terrorista nas Olimpíadas do Rio. Os presos foram “recrutados pela internet” (jura?), faziam parte uma “célula do EI no Brasil” e se auto intitulavam “Defensores da Sharia”. Parece piada, mas não é. Como a Internet hoje é o paraíso dos idiotas, como disse Umberto Eco, daqui a pouco teremos um “atentado” no Brasil. Quem sabe alguns desses anormais que querem voltar à Idade Média não sai por aí atropelando alguém em nome de Alá? Mas como já temos 60 mil homicídios por ano, talvez ninguém note, não é mesmo? E se foram presos e não mortos, como na Europa ou nos EUA, podem, quem sabe, pedir asilo por aqui. Basta algum advogado do PT, PSOL ou PCdoB entrar com um “HC”. Sorte a nossa que brasileiro não presta nem pra terrorista…

  2. Se não houvessem birutas … os psiquiatras ficariam sem emprego…
    Apreciei muitíssimo as palavras sensatas do General…
    Monitorar e tratar da segurança do país é altamente desejável , mas histerismo e discriminação racial ou religiosa é “birutíce” semelhante …

  3. Para ser comunista ou muçulmano há q ser portador d distúrbio mental, portanto não se pode desconsiderar a gravidade da atuação dos q promovem essas causas baseando-se apenas na constatação da patologia. Cana em solitária p tds eles. Não permitam q essas insanidades prosperem em território nacional.

    1. FARIAS,
      Vc já viveu entre muçulmanos?
      Eu já e em diversos países. São o câncer da humanidade, desejam destruir e substituir tudo o que não for islâmico. O Islã é incompatível com a civilização.

    2. Você também disse bobagem. Religiões monoteístas e ideologia política são exatamente a mesma coisa. Ambas fundamentam-se em dogmas que não podem ser questionados. Ambas rejeitam o raciocínio lógico. No entanto, há diferença, sim, entre ser adepto de uma religião qualquer e ser um fanático fundamentalista. Todos os fanáticos, políticos ou religiosos, não toleram críticas nem contestações de suas crenças.

    3. Que ignorância. Muçulmano, judeu ou cristão é a mesma coisa. Tem os bons e os que não valem o papel onde foi impresso o livro sagrado. Religião e ideologia política são coisas independentes.

  4. É MISTURAR UMA PENITENCIÁRIA CRIADA POR MENSALEIRO, COM FRIGORÍFICO MENSALEIRO CUJA MATRIZ É DISTANTE E LOCALIZADA NA CIDADE DE RONAN MARIA PINTO E CELSO DANIEL AO INVÉS DA CIDADE DO MENSALEIRO , COM UMA PRÉDIO DE MESQUITA LOCADO PELA LARANJA DE MULHER DE MENSALEIRO, E HAVER UMA CRISE QUE NECESSITE
    DO DIÁLOGO DO MENSALEIRO
    PARA
    “CONTROLAR” O RADICALISMO ISLAMICO

  5. O problema é que esses birutas adoram abraçar uma causa de esquerda.
    SÓ PARA DAR UM PEQUENO EXEMPLO
    Vejam a história de Carlos * o chacal”. Não o filme romanceado pesquisem a história real.
    Com a baixa das esquerdas no Brasil o risco existe.
    Parabéns Gleisi e o seu “matar gente” acrescido de pedido de apoio ao povo árabe. Quem sabe você consegue arrumar algum maluco por aí que de mulçumano não terá nada, mas de titica na cabeça terá muito.

  6. As autoridades também, principalmente as de esquerda que compuseram a esquerda enrustida chamada PSDB em São Paulo, minimizaram da mesma forma o nascimento do PCC, fingiram ser um problema pequeno e passageiro, e olha a m-e-r-d-a que deu, se alastraram pelo país e todo o continente sul-americano.

  7. Esse ministro e daquele time que gosta de esconder o que está acontecendo no pais e até mesmo, no Palácio do Planalto. Aposto que até agora ele ainda não colocou as câmeras de segurança no Palácio do Planalto. Afinal, ele precisa esconder os crimes de Temer, né?

  8. O país está esfacelado, mas o general candidato fala em flerte com o caos e o general da inteligência fala em presença islâmica insignificante. Que intervenções ridículas!

  9. Enrolado em um colete com explosivos que matará dezenas.
    Não é o caso de células, integrantes ou “simpatizantes”… Basta um ser detectado e o Estado tem a OBRIGAÇÃO DE ELIMINAR. E ponto final.

  10. Cadê os petistas defendendo os direitos humanos dos terroristas?
    Precisamos criar organizações q defendam os direitos das vítimas. Já tem muitos petista defendendo bandido. BOLSONARO PRESIDENTE!

  11. A América do Sul está perdida, com movimentos de sem terra, sem teto, ambientalistas, indigenistas, narcotraficantes, islamistas e islamitas. Eles se fazem representar nas universidades, no Legislativo, na Justiça e nos campos físicos de batalha, mais propriamente ditos campos físicos de ocupação. Os milicos estão se é borrando de medo.

  12. Quando virarem células, quando começarem a ocupar territórios, quando começarem a reivindicar atentados o general nos fará saber.

  13. Quanto mais liberal, democrático e próspero é um país, maior é a possibilidade do surgimento da escória revolucionária. São os escravos voluntários e convictos, lutando pela implantação do totalitarismo. Esse é o ponto fraco da verdadeira democracia: dar voz, espaço e até recursos para aqurles que assumem querer destruí-la. São os comunistas, terroristas, fascistas… Na Europa, nos EUA e até em Israel tem gente assim. E não há outra saída à não ser manter vigilância constante sobre estes indivíduos para que não cheguem à se tornar uma relevante ameaça sobre a sociedade.

    1. O ministro Etchegoyen é militar, e como tal, só reconhece como terrorista aquele indivíduo com potencial bélico e operacional iminente para dar cabo na vida de centenas de pessoas dado seu radicalismo. Obvio que esta é uma visão pouco abrangente.
      Por exemplo, se o seu colega de farda, Jair Bolsonaro, que no momento lidera todas as pesquisas presidenciais conseguir ser eleito, é certo que todas estas facções vermelhas partirão para o terrorismo e poderão ceifar a vida de milhares de brasileiros em ações terroristas. Este já é um cenário à ser avaliado.

  14. Só precisa de 2 caras: um pra por as bombas no outro, e o outro pra se explodir no meio de inocentes.

  15. Ele não acredita em duendes, mas que eles existem, existem! Pudera! Logo ali na Venezuela, há um centro de treinamento de terroristas, como mostrou aquele jornalista venezuelano, que se passou por um terrorista palestino para poder entrar neste centro de treinamento, cheio de terroristas palestinos e libaneses. Assistam o vídeo “El Palestin”. Este jornalista gravou todos os seus encontros com terroristas do mundo inteiro, inclusive, com o irmão de Chacal.

    1. Aliás, o irmão de Chacal possuía um cargo público na Venezuela, dado por Hugo Chaves.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.