Ministro 'terrivelmente evangélico' foi 'força de expressão' de Bolsonaro, diz porta-voz

Otávio Rêgo Barros afirmou agora à noite que Jair Bolsonaro usou “força de expressão” ao dizer que indicaria um ministro “terrivelmente evangélico” para o STF, registra o UOL.

O porta-voz não negou que o indicado pelo presidente será evangélico, mas tentou suavizar sua fala do presidente, afirmando que a busca é por um ministro com “conhecimento técnico, respeito e confiabilidade”.

Comentários

  • wanderlei -

    Tanta força de expressão acabou em diarreia retórica.

  • O -

    ENTENDI....SERÁ O EDIR MACEDO....o justo, correto, honesto e pródigo... Se o poder encher com essa gente, o Brasil tá morto. Bolso, lembre-se que católicos tb votaram em vc.

  • Rena-to -

    Rachid

Ler 50 comentários