Ministro do TSE autoriza Garotinho a voltar à chefia do PR

Uma liminar de Admar Gonzaga, do TSE, concedeu a Anthony Garotinho permissão para reassumir o comando do diretório estadual do PR no Rio de Janeiro, informa o G1.

Preso sob acusação de crimes eleitorais, Garotinho foi solto por Gilmar Mendes em dezembro, mas o juiz eleitoral de Campos dos Goytacazes havia mantido seu afastamento da chefia do PR.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 16 comentários
    1. Você tá nessa de Partido , ainda..?!?!?
      Mendesluf foi indicação do FHLUF, são todos iguais irmão é tudo um teatrinho para eles se manterem no Poder, não caia nessa de dividir o Povo brarsileiro…Abs

  1. que bateu na mulher? Aquele que ajudou GM a absolver a chapa Dilma-Temer por excesso de provas?
    Pois é!
    O cara, cheio de moral, podia ter tomado outra decisão? Não, né!
    RJ está nas mãos de organizações criminosas de A a Z.