Ministro do TSE mantém senador José Medeiros no cargo

Napoleão Nunes Maia Filho, do TSE, concedeu liminar suspendendo decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso que cassou o mandato do senador José Medeiros por fraude na ata eleitoral de 2010.

O ministro entendeu que seria ilegal “afastar de imediato o parlamentar do cargo”.

Medeiros decidiu concorrer a uma vaga na Câmara em outubro.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 14 comentários
  1. Antes de criticarem o senador José Medeiros insensatamente, seria interessante pesquisarem seu excelente trabalho no Senado e a sua combatividade contra os corruptos. Moço atuante e correto.

  2. Só pelos seus embates com a bancada da chupeta valeria mais um mandato e poucos ali tem a coragem dele. Esta cassação cheira a armação esquerdalha contra um inimigo declarado. Fez bem o ministro!

  3. Ainda bem que não fizeram a imbecilidade de retirar o senador do cargo. Este é um dos melhores senadores naquela casa e um dos mais combativos contra esquerdalha de lá. Querem nos prejudicar.

  4. Sinceramente, um Senador que fraudador de ata, teve o mandato cassado e aí o TSE devolve o mandato na véspera do limite de registro da candidatura. Fica difícil mudar esse país pra melhor.

  5. O golpe que o stf deu no povo ontem…foi na verdade uma forma de autodefesa do que estar por vir…estão apavorados com o andar da carruagem e o melhor é que o povo ta doido pra tirar eles de lá.

  6. Como sempre, a seriedade é só nos discursos de posse. A realidade os brasileiros conhecem bem. Tudo para os canalhas de sempre. E nós sustentando essa estrutura caríssima chamada TSE. Vergonha.