Ministros do STF dobram as suas diárias de viagem

O Antagonista acaba de ser informado por uma boa alma de que os ministros do Supremo Tribunal Federal concederam a si próprios um aumento substancial na diária que recebem em viagens oficiais pelo país: o valor passou de 614 reais para 1.125 reais, fora as passagens. Praticamente o dobro.
Isso significa que, caso um ministro do STF decida fazer uma viagem de Brasília a São Paulo, com uma noite em hotel, isso custará ao contribuinte cerca de 3 000 reais — uma diária e meia, mais “auxílios embarque/desembarque”. Fora as passagens, repita-se.
O reajuste passa a valer já nesta semana e terá efeito cascata, evidentemente: os ministros dos outros tribunais superiores também darão aumentos de diárias a eles mesmos. O bacana é que ministro do TCU, por exemplo, costuma viajar toda semana.
Dá, pelo menos, para voltar a prender Renato Duque, o homem de José Dirceu na Petrobras?

Ministros do STF levantam voo

Faça o primeiro comentário