Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministros do Supremo avaliam que Bolsonaro produziu mais provas para inquéritos

Luiz Fux fará discurso amanhã na abertura da sessão plenária em resposta aos atos do presidente da República no 7 de Setembro
Ministros do Supremo avaliam que Bolsonaro produziu mais provas para inquéritos
Foto: Marcos Corrêa/PR

Terminou há pouco a reunião dos ministros do Supremo sobre os novos ataques de Jair Bolsonaro neste 7 de Setembro. Todos opinaram e chegou-se à conclusão de que o presidente da República acabou produzindo mais provas contra si nos inquéritos já em curso no STF e no TSE.

Dessa maneira, não haverá nenhuma medida diferente daquelas existentes. Alexandre de Moraes pedirá a inclusão dos novos discursos de Bolsonaro no inquérito das fake news, por causa de seus ataques ao sistema eletrônico de votação — diligências também serão tomadas no âmbito do inquérito administrativo do TSE.

Combinou-se também que Luiz Fux fará a leitura de uma nota conjunta na abertura da sessão plenária de amanhã.

Os ministros, que conversaram por videoconferência, também decidiram manter o esquema de segurança do STF, em parceria com o governo do DF, para evitar surpresas daqueles manifestantes que ainda estão em Brasília.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO