Ministros do TCU sobem o tom contra o Ministério da Saúde

Ministros do TCU sobem o tom contra o Ministério da Saúde
Foto: Divulgação

Ministros do TCU subiram o tom contra o Ministério da Saúde em sua sessão desta quarta-feira (27), um dia após o tribunal pedir esclarecimentos sobre a recomendação de medicamentos sem comprovação científica contra a Covid-19.

Na sessão, depois de Benjamin Zymler informar aos colegas que havia pedido esclarecimentos sobre as recomendações de cloroquina e hidroxicloroquina, Bruno Dantas criticou a gestão da Saúde.

“Se existem terraplanistas no MS, essa gente precisa ceder espaço para a ciência imediatamente. Não é possível que tenhamos um tratamento como esse dado a famílias que perderam entes queridos”, disse o ministro.

Dantas acrescentou que o aplicativo TrateCov da pasta de Eduardo Pazuello —que recomendava cloroquina para basicamente quaisquer sintomas— era um dos “maiores escândalos [de] que tomei conhecimento desde que entrei no TCU”.

Outro ministro, Vital do Rêgo, se disse “permanentemente perplexo com a discussão que se travou no Brasil, sobre se cloroquina, ivermectina e outros medicamentos eram importantes para o tratamento precoce da Covid”.

Assista:

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO