Ministros do STF fazem votos maiores para "aparecer mais tempo na TV"

Os ministros do STF passaram a escrever votos maiores desde que as sessões começaram a ser transmitidas ao vivo pela TV, em 2002.

“Os acórdãos ficaram com 26 páginas a mais, em média, o que aumenta o tempo de leitura e prejudica a eficiência do tribunal”, disse ao Estadão o economista Felipe de Mendonça Lopes, da FGV, com base em pesquisa feita para sua tese de doutorado. “O motivo do aumento não é a dificuldade técnico-jurídica da questão, mas tão somente aparecer mais tempo na TV.”

A pesquisa usou todos os casos de controle abstrato de constitucionalidade julgados pelo STF entre 1988 e 2015, a maior parte Ações Diretas de Inconstitucionalidade (as ADIs).

Foram 1.680 acórdãos, ou 15 mil votos, pesquisados no site do Supremo.

Nem precisava tanto para convencer O Antagonista.

Mais lidas
  1. Governo estima que mortes por Covid cheguem a 2 mil por dia

  2. Exclusivo: assessor de Mourão procura Congresso: "É bom estarmos preparados"

  3. AGÊNCIA DA ALEMANHA RECOMENDA QUE VACINA DA ASTRAZENECA NÃO SEJA USADA EM MAIORES DE 65 ANOS

  4. "Mega epidemia daqui a 60 dias"

  5. Santos Cruz, sobre Bolsonaro: "Falta de respeito com a população e o país"

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 98 comentários
TOPO