Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministros veem revogação da PEC da Bengala como "ameaça" ao STF

O texto aprovado reduz a idade da aposentadoria obrigatória dos ministros de 75 para 70 anos. Com a aprovação, Jair Bolsonaro poderia indicar novos nomes
Ministros veem revogação da PEC da Bengala como “ameaça” ao STF
Foto: Fellipe Sampaio SCO/STF

Ministros do Supremo Tribunal Federal que conversaram reservadamente com O Antagonista afirmaram que a aprovação da PEC da Bengala pode ser vista como uma ameaça à Corte. Entretanto, não visualizam o avanço da proposta.

“Não passa”, disse um deles.

Ontem, a CCJ da Câmara aprovou, por 35 votos a 24, a Proposta de Emenda à Constituição que revoga a proposta.

O texto aprovado busca reduzir a idade da aposentadoria obrigatória dos ministros de 75 para 70 anos. Com a aprovação na CCJ, o texto segue para uma comissão especial da Casa e, em seguida, vai ao plenário. Na prática, Jair Bolsonaro poderia indicar novos ministros.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tem dito a aliados que não pretende pautar a revogação da PEC. 

Mais notícias
TOPO