ACESSE

Miro Teixeira: "A conquista da liberdade de imprensa não permite retrocessos"

Telegram

Miro Teixeira, protagonista do julgamento no STF — exatamente 10 anos atrás — que derrubou a Lei de Imprensa, está horrorizado com a decisão de Alexandre de Moraes de censurar a Crusoé e O Antagonista, inclusive intimando repórteres a prestar esclarecimentos.

“É algo impressionante. Essa história de intimar repórteres é algo inédito, pelo menos nos tempos recentes. Qualquer tipo de censura é um retrocesso inadmissível. A conquista da liberdade de imprensa no Brasil é lenta, mas não permite retrocessos. Ela pode até avançar lentamente, mas não dá, de forma alguma, para permitir retrocessos.”

NOVO ANTAGONISTA: Vamos transformar a sua maneira de acompanhar o noticiário político. Saiba mais

Comentários

  • JOSE -

    Por que esses ditos jornalistas, ícones da liberdade de expressão, NÃO pressionam o senado para buscar o impeachment daqueles que usam a toga para esse abuso????

  • Rachel -

    Esse congresso se lambuza nas mordomias e se esquece do seu dever de agir , quando acordarem é tarde. O presidente do STF sabemos quem é , o seu feitor continua na função anterior. Perdeu-se.

  • Dany -

    Lava toga já !!!

Ler 21 comentários