Moeda única entre Brasil e Argentina exige convergência, diz Levy

Para Joaquim Levy, presidente do BNDES, a criação de uma moeda única para Brasil e Argentina exigiria convergência de políticas econômicas e fiscais.

“Sem dúvida nenhuma é um tema interessante, complexo, e que, no caso da Europa [o euro], criou um grande impulso de integração”, disse nesta sexta-feira.

“Temos que ver se as condições são similares. Aí, é uma decisão política”.

Comentários

  • Marcos -

    A vantagem é que ficaria mais difícil alguém fazer cirice com um BC multinacional. O dinheiro não ia poder ser impresso só pelo capricho do governante. Mas teria que juntar mais países, como Chi

  • Yusdra -

    Que maluquice é essa de moeda única entre Brasil/Argentina? Amarrar dois países latino-americanos, periféricos no mundo e ainda por cima correndo sempre o risco da esquerda voltar ao poder..

  • Corumbá -

    Poderia ser criada uma moeda exclusiva para o comercio exterior para todos os do Mercosul .

Ler 58 comentários