Momento Antagonista: Garotinho vai entregar “o resto da quadrilha”?

Claudio Dantas comenta a decisão que tirou Garotinho de Bangu e a possibilidade de que o ex-governador tente negociar uma colaboração premiada.

Dantas também analisa os desdobramentos da Operação Calicute, a possibilidade de prisão de Adriana Ancelmo e as ligações de Sérgio Cabral com Orlando Diniz, presidente da Fecomércio-RJ e do Sesc/Senac-RJ.

Diniz, amigo e vizinho de Cabral, repassou milhões também a Roberto Teixeira, compadre e advogado de Lula.

Faça o primeiro comentário