Momento Antagonista: O país da marmelada

Claudio Dantas analisa três exemplos de marmeladas que estão em curso em Brasília: o julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE, a ampliação do foro privilegiado e a aprovação da lista fechada com ampliação do financiamento público de campanhas.

Faça o primeiro comentário