Momentos de Ela Wiecko na Acrônimo: os contadores

Os momentos de Ela Wiecko na Acrônimo são muito interessantes. Em 17 de setembro de 2015, o seu cuidado profissional com Fernando Pimentel e Carolina de Oliveira levou a que ela vetasse o pedido da PF para fazer busca e apreensão nas casas dos contadores Adelmo da Silva de Oliveira (Odebrecht), Fábio Fama (Gol), Marcelo Simões Pato (Grupo Casino), Rogério de Moraes Freitas (Marfrig), Evaldo Vasconcelos de Moraes e Luiz Amaro de Lima (MR Consultoria), Milene Aparecida Diniz de Alencar (Gráfica Brasil) e Valdemir Aparecido Costa (CEO Travel).

Ela Wiecko também negou busca e apreensão na casa de Izabela Molon Luchesi de Oliveira Andrade, sócia da Caoa.

É compreensível: suspeitos não escondem provas em casa, apenas nos seus próprios escritórios.

Faça o primeiro comentário