Mônica Francisco: Alerj ainda não se pronunciou sobre 'rachadinha' de Flávio

Mônica Francisco: Alerj ainda não se pronunciou sobre rachadinha de Flávio
Reprodução/TV Alerj

A deputada estadual Mônica Francisco (PSOL) usou seu tempo na Alerj na sessão do impeachment de Wilson Witzel para também lembrar da investigação da ‘rachadinha’. A Assembleia ainda não fez manifestação sobre o caso, por exemplo, do ex-deputado Flávio Bolsonaro, hoje senador.

A deputada alertou para a formação de uma “teocracia miliciana” no Estado. E aproveitou a oportunidade para repetir uma pergunta ainda sem resposta:

“Por que Fabrício Queiroz depositou R$ 89 mil na conta de Michelle Bolsonaro?”.

Leia mais: Exclusivo: a coincidência entre os saques de Queiroz e os depósitos em dinheiro vivo para Flávio Bolsonaro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários
TOPO