Mônica Moura diz desconhecer 'essa coisa de petrolão'

Mônica Moura, mulher e sócia de João Santana, depôs hoje a Sergio Moro e voltou a dizer que negociou diretamente com Dilma Rousseff os valores de caixa dois que seriam repassados para a campanha dela em 2014.

“Negociei com a Dilma. O valor foi todo negociado com ela, eu e ela. Pela primeira vez na vida eu negociei diretamente com a presidente”, disse Mônica, segundo o relato do UOL.

Depois disso, segundo a marqueteira, quem ficou responsável pela organização do pagamento foi Guido Mantega, que a orientou a procurar Hilberto Mascarenhas, o chefe do setor de propinas da Odebrecht.

Foi acordado com a empreiteira o valor de R$ 25 milhões em caixa dois para a campanha da petista. Mas Mônica disse ter recebido apenas R$ 10 milhões.

Ao final do depoimento, Xepa, a mulher de Feira, disse ter “quase certeza” de que havia acordos “que não eram exatamente os mais republicanos” entre a Odebrecht e os partidos.

Mas alegou nunca ter imaginado que houvesse lavagem de dinheiro envolvendo o patrimônio da Petrobras e “essa coisa toda de petrolão”.

Comentários

  • SILVIO -

    Chegou a tua hora anta ONESTA...

  • Depois -

    Só vem validar que o comportamento de terrorista da Dilma é de DNA. Nefasta e cínica.

  • Nathan -

    A ORCRIM é muito grande e foi setorizada e compartimentada em nome da segurança e eficiência da ideologia Comunista!

Ler 22 comentários