ACESSE

Moody's cogita rebaixar Brasil

Telegram

Um rebaixamento da nota soberana do Brasil pela Moody’s – de Ba2, com perspectiva negativa, para Ba3 – “certamente é um possível resultado” depois da missão da agência internacional de rating ao país, que ocorrerá ainda no primeiro trimestre.

Foi o disse Samar Maziad, vice-presidente da Moody’s, ao Estadão.

“O progresso da agenda de reformas não aconteceu, o que era um componente muito importante para estabilizar o rating em Ba2. Agora vemos que as chances de aprovação da reforma da Previdência pioraram de forma significativa e num ano eleitoral é muito difícil ver uma reforma ampla ser aprovada. O governo tenta a aprovação, mas o fato é que ainda não possui os votos necessários para passá-la. E será que conseguiria os votos nos próximos dois meses para aprovar um grande pacote? É difícil ter certeza sobre isso. Há uma possibilidade de aprovar, mas as chances são pequenas.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 36 comentários