Moraes autoriza devolução de dinheiro para senador preso

Telegram

Alexandre de Moraes, do STF, autorizou a devolução de US$ 13 mil e R$ 11 mil ao senador preso Acir Gurgacz (PDT-RO), condenado e preso desde setembro.

O dinheiro foi apreendido durante investigações que levaram à condenação do parlamentar a 4 anos e 6 meses no regime semiaberto, por desvios em financiamento obtido de banco público.

O ministro acolheu argumento da defesa de que o dinheiro era parte de R$ 998,7 mil em espécie declarados pelo senador no imposto de renda, noticia o Jota.

Moraes registrou que a PGR concordou com a liberação da quantia apreendida, que seriam sobras de viagens internacionais, segundo a defesa.

O senador foi condenado em setembro e foi autorizado a trabalhar no Senado durante o dia; à noite, dorme na penitenciária da Papuda.

 

Comentários

  • Margareth -

    Um presidiário a legislar, só nesse país.

  • Eduardo -

    O "Lex Luthor" do STF, desde sempre mostrando a que veio, ou seja, apoiar a criminalidade. Dizem que ele já foi advogado do PCC.

  • Thel -

    O cara roubou o país e ainda o STF devolveu parte do dinheiro roubado. O povo tem que ir para as ruas acabar com esse STF e depois partir para cima dos outros tribunais corruptos. Isso é urgente!

Ler 72 comentários