ACESSE

Moraes determina bloqueio das redes sociais de influenciadores e empresários bolsonaristas

Telegram

Em sua decisão, obtida por O Antagonista, Alexandre de Moraes determinou o bloqueio das contas de empresários e influenciadores bolsonaristas no Facebook, Instagram e Twitter.

Segundo Moraes, o bloqueio é “necessário para a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”.

Os influenciadores alvos da medida são Allan dos Santos, Bernardo Kuster, Edson Salomão, Eduardo Fabris Portella, Enzo Momenti, Marcelo Stachin, Marcos Bellizia, Rafael Moreno, Paulo Bezerra, Rodrigo Ribeiro e Sara Giromini.

Os empresário são Edgard Corona, Luciano Hang, Otavio Fakhoury, Reynaldo Bianchi Júnior e Winston Lima.

Além disso, como mostramos, os investigados foram alvos de busca e apreensão e deverão ser ouvidos pela Polícia Federal em 10 dias.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

  • Carla -

    Como jornalistas, o que vcs pretendem fazer sobre essa inconstitucionalidade?

  • ROSEMAR -

    Não entendo, o MST invadia, sequestrava, impedia a livre circulação da população, lutava pela implantação de ditadura de esquerda e nunca foi incomodado. Seria “criminalização” de “movimento social”.

  • Josué -

    À imprensa tem todo o direito de denigrir os seus alvos, porém o cidadão é silenciado pelo o STF!

Ler 117 comentários