Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes determina que PF retome investigações sobre interferência de Bolsonaro

O ministro do STF deu mais 90 dias para o inquérito, que estava suspenso diante do impasse sobre a forma de depoimento do presidente
Moraes determina que PF retome investigações sobre interferência de Bolsonaro
Foto: Nelson Jr / STF

O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou nesta sexta-feira (30) que a PF retome as investigações do inquérito que apura se Jair Bolsonaro tentou interferir na corporação.

Quando o então ministro da Justiça, Sergio Moro, deixou o governo, em abril de 2020, indicou que o presidente tentou trocar o diretor-geral da PF para proteger seus filhos em investigações, como ficou comprovado pelo vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

O inquérito estava suspenso enquanto o STF não decidia sobre a forma de depoimento de Jair Bolsonaro. Segundo Moraes, a PF não precisa mais aguardar a definição, marcada para setembro.

Moraes deu mais 90 dias para as investigações.

“Considerada a prorrogação de prazo para o término do presente inquérito, por mais 90 (noventa) dias, contados a partir do dia 27/7/2021 e a necessidade de realização de diligências pendentes para o prosseguimento das investigações, não se justifica a manutenção da suspensão da tramitação determinada pelo então relator em exercício, Min. MARCO AURÉLIO, em 17/9/2020.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO