Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes envia à PGR ação da CPI que pede suspensão de Bolsonaro nas redes

Segundo a ação, a tradicional live e as redes sociais do presidente são "costumeiramente utilizadas para disseminar desinformação"
Moraes envia à PGR ação da CPI que pede suspensão de Bolsonaro nas redes
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, determinou que a Procuradoria-Geral da República que se manifeste sobre um pedido feito pela CPI da Covid para suspender de imediato o acesso de Jair Bolsonaro às redes sociais, mediante o bloqueio temporário de seus perfis.

Na ação, os senadores pedem que seja dado o prazo de 15 dias para a PGR instaurar investigação. Segundo a CPI, a tradicional live e as redes sociais do presidente são “costumeiramente utilizadas para disseminar desinformação”.

“É urgente a adoção de reação enérgica para garantia dos direitos fundamentais assegurados pela Constituição – em especial o direito à vida e o direito à informação – ora vergastados pelo próprio Presidente da República, com utilização de recursos materiais e imateriais de poder que deveriam estar a serviço da sociedade e de suas instituições”, diz a ação.

A ação lembra que Bolsonaro valeu-se do grande alcance de suas redes sociais para, “deliberada e sistematicamente, difundir a utilização de medicamentos sem eficácia comprovada”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....