Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Moraes está ultrapassando os limites da arrogância", diz deputado bolsonarista

Bibo Nunes, do PSL do Rio Grande do Sul, disse há pouco que Roberto Jefferson, na verdade, foi preso por "crime de opinião"
“Moraes está ultrapassando os limites da arrogância”, diz deputado bolsonarista
Reprodução

O deputado bolsonarista Bibo Nunes (PSL-RS) disse que o ministro do STF Alexandre de Moraes foi “provocativo demais” ao determinar a prisão do presidente do PTB, Roberto Jefferson.

No Twitter, o parlamentar afirmou que o mensaleiro foi preso por “crime de opinião” e Moraes está “ultrapassando os limites da arrogância”.

“O Ministro Moraes, do STF, ao prender o Presidente do PTB, Roberto Jefferson, por crime de opinião, está sendo provocativo demais, não medindo consequências e ultrapassando os limites da arrogância. Quer apagar fogo jogando gasolina!”

Segundo Alexandre de Moraes, Jefferson cometeu crimes como calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime, associação criminosa e denunciação caluniosa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO