Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes nega transferência de Roberto Jefferson a hospital particular

Ex-deputado federal foi internado na ala hospitalar do complexo penitenciário em razão de complicações de uma infecção nos dois rins
Moraes nega transferência de Roberto Jefferson a hospital particular
Foto: Nelson JR./STF

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, negou pedido do ex-deputado Roberto Jefferson para transferência da unidade prisional para o Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, no Rio.

Segundo o ministro, a Secretaria de Administração Penitenciária informou que os procedimentos médicos necessários foram adotados adequadamente na unidade.

“O laudo médico aponta a absoluta normalidade da situação médica de Jefferson, havendo a necessidade de realização de exame de ultrassonografia, que já foi feito no dia de hoje. Neste momento, verifica-se a plena capacidade do hospital penitenciário em fornecer o tratamento adequado ao preso, não havendo qualquer comprovação de que o seu estado de saúde exija nova saída do estabelecimento prisional”, disse.

O ministro atendeu pedido de Jefferson para que ele receba a visita de quatro médicos particulares indicados pela defesa, desde que observem estritamente as regras de ingresso no estabelecimento prisional.

No último sábado, como noticiamos, a defesa de Jefferson pediu ao STF a transferência do ex-deputado do hospital do presídio de Bangu 8 para um hospital particular na Barra da Tijuca, alegando “grave risco” de vida.

O presidente do PTB tem pielonefrite aguda, uma infecção nos dois rins e já teve quatro tipos de câncer.

Jefferson foi preso em 13 de agosto por ordem do ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito que apura a atuação de uma milícia digital contra as instituições democráticas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO