Moraes pede respeito de advogado: "Isso não é jogo de futebol"

Moraes pede respeito de advogado: “Isso não é jogo de futebol”
Foto: Rosinei Coutinho / SCO / STF

No início de seu voto sobre a proibição de cultos e missas na pandemia, Alexandre de Moraes protestou contra a interrupção do julgamento por um dos advogados.

“O respeito ao tribunal vem faltando desde ontem. Os advogados têm todo o respeito do tribunal, nós ouvimos com atenção as sustentações orais, agora espero que aguardem o julgamento. Porque isso não é jogo de futebol para se falar no momento que queira”, disse.

Logo após Moraes começar a votar, o advogado Taiguara Fernandes, favorável à reabertura das igrejas e templos, pediu para fazer um desagravo a Kassio Marques.

“Eu pedi a palavra simplesmente para desagravar o ministro Kassio, pelas questões que faltaram com a urbanidade. Tem um advogado aqui presente que está o tempo todo revirando os olhos, fazendo careta. Não é o dever de urbanidade que temos”, disse Taiguara.

Kassio acabara de terminar o voto a favor dos cultos e missas.

Advogados só podem pedir para falar durante os votos para apresentar “questões de fato”, ou seja, alguma correção ligada aos casos concretos em análise.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO