Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes prorroga inquérito sobre Bolsonaro

Moraes prorroga inquérito sobre Bolsonaro
Foto: Nelson Jr./STF

Alexandre de Moraes prorrogou, por mais 90 dias, o inquérito sobre a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

“Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações, a partir do encerramento do julgamento do agravo regimental iniciado pelo Plenário em 08/10/2020, bem como a proximidade do recesso, nos termos previstos no art. 10 do Código de Processo Penal, prorrogo por mais 90 (noventa) dias, contados a partir do encerramento do prazo final anterior (27 de janeiro), o presente inquérito. Publique-se. Brasília, 15 de dezembro de 2020”, despachou o ministro.

A investigação está parada desde outubro, quando o plenário do STF começou a julgar se o interrogatório do presidente deve ser presencial ou pode ser feito por escrito.

Só Celso de Mello, o antigo relator, votou pelo depoimento presencial e depois o julgamento foi suspenso por Luiz Fux. Como mostramos na semana passada, ele só será retomado em 2021.

No fim do mês passado, a AGU, que faz a defesa de Bolsonaro, pediu que o inquérito fosse remetido para a PF elaborar o relatório final e comunicou que o presidente abriu mão de depor.

No dia seguinte, Moraes negou o pedido e prorrogou a investigação por 60 dias. Como o prazo terminaria no final de janeiro, o ministro estendeu a duração até o fim de abril.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO