Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes prorroga investigação contra Bolsonaro por vazamento de inquérito da PF

Em 4 de agosto, o presidente divulgou nas redes sociais um documento que apura suposto ataque ao TSE nas eleições de 2018
Moraes prorroga investigação contra Bolsonaro por vazamento de inquérito da PF
Foto: Carlos Moura/STF

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, prorrogou por mais 60 dias as investigações sobre o vazamento de documentos sigilosos da Polícia Federal pelo presidente Jair Bolsonaro. O processo corre sob sigilo.

A decisão de Moraes se baseia em pedido enviado ao Supremo no início do mês. A PF argumentou que a prorrogação é necessária para a realização de novas diligências dentro da investigação.

Em 4 de agosto, o presidente divulgou nas redes sociais a íntegra de um inquérito da PF que apura suposto ataque ao sistema interno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018 e que, de acordo com o próprio tribunal, não representou qualquer risco às eleições. Depois, fez comentários sobre os documentos sigilosos em sua live semanal. Em 12 de agosto, Moraes determinou a abertura das investigações.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO