Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes prorroga por 90 dias investigação sobre interferência de Bolsonaro na PF

Apuração foi iniciada depois que vídeo de reunião ministerial de 22 abril foi divulgada. No material, presidente assume que vai mexer na corporação
Moraes prorroga por 90 dias investigação sobre interferência de Bolsonaro na PF
Foto: /Carlos Moura/SCO/STF

Alexandre de Moraes, do STF, prorrogou há pouco o inquérito sobre suposta interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

A investigação foi iniciada depois da divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril de 2020, em que o presidente aparece dizendo que vai mexer na organização da PF e que quer a superintendência do Rio de Janeiro.

Diz Moraes: “Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações, nos termos previstos no art. 10 do Código de Processo Penal, prorrogo por mais 90 (noventa) dias, contados a partir do encerramento do prazo final anterior (27 de julho), o presente inquérito. Publique-se.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO