Moraes ressalta que André do Rap se associou à máfia calabresa

Moraes ressalta que André do Rap se associou à máfia calabresa
Foto: Reprodução/TV Justiça

Ao justificar seu voto, Alexandre de Moraes destacou também a “altíssima periculosidade” de André do Rap, que se associou à máfia calabresa para traficar cocaína para a Europa.

“Após os cinco anos de intensa investigação da Polícia Civil, ele foi preso, numa vida nababesca, numa casa de frente ao mar. Com ele foram encontrados um helicóptero, duas grandes embarcações que usava para levar drogas e passear, e inúmeros outros bens. Ele continuava, nesses cinco anos, realizando fluxo no tráfico de entorpecentes. Não só Brasil-Paraguai, Brasil-Bolívia, Brasil-Colômbia, ele passou a ajudar a máfia calabresa.”

Segundo Moraes, André do Rap é o “maior embarcador de cocaína para a Europa, com esse consórcio com a máfia calabresa, uma das mais letais do mundo.”

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários
TOPO