Moraes suspende interrogatório de Witzel no tribunal do impeachment

Moraes suspende interrogatório de Witzel no tribunal do impeachment
Foto: Reprodução/CNN

O ministro Alexandre de Moraes suspendeu o depoimento que Wilson Witzel prestaria na próxima segunda-feira no Tribunal Especial Misto, que analisa o processo impeachment do governador afastado.

Ao atender a um pedido da defesa, o ministro do STF determinou que o interrogatório só poderá ocorrer depois que os advogados de Witzel tiverem acesso a todos os documentos remetidos pelo STJ, o que inclui a delação do ex-secretário de Saúde do Rio Edmar Santos.

Em sua decisão, Moraes determinou ainda que Edmar terá de ser ouvido antes do governador afastado. Desta maneira, não há previsão de uma nova data para o depoimento de Witzel.

Se se admitiu o testemunho de tal pessoa, não se pode limitar o conteúdo de sua manifestação, sob pena de grave ferimento ao exercício do direito de defesa”, afirmou o ministro do STF em sua decisão.

Leia mais: Em pouco mais de um mês no STF, o ministro Kassio Marques se alinha à ala anti-Lava Jato.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO