“Moralista” contra “Índio”

Para este site “moralista”, Eunício “Índio” Oliveira não pode suceder Renan “Justiça” Calheiros na presidência do Senado.

Ninguém que apareça na planilha da Odebrecht pode.

Faça o primeiro comentário