Moro agora é acusado de sugerir ao MPF nota de esclarecimento

Em nova peça de propaganda sobre as mensagens roubadas do celular de Deltan Dallagnol, o cúmplice de hackers acusa Sergio Moro de sugerir ao MPF uma nota de esclarecimento à imprensa, depois do depoimento de Lula no caso triplex, em 10 de maio de 2017.

Na audiência, os advogados de Lula inauguraram estratégia ofensiva para tentar arrastá-lo para o campo do embate político, num padrão que se repetiria muitas vezes ao longo dos anos.

“Talvez vcs devessem amanhã editar uma nota esclarecendo as contradições do depoimento com o resto das provas ou com o depoimento anterior dele”, teria escrito Moro ao procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, segundo transcrição publicada pelo advogado petista Glenn Greenwald e não reconhecida pelo ministro.

Pergunta a Glenn Greenwald, do Intercept: por que ninguém da esquerda foi hackeado? Confira agora

É um crime muito grave mesmo (risos).

Comentários

  • Afonso -

    Fakes news de bandidos. Em ajuda a outros criimosos e com complacência de alguns do judiciario. A lava jato vai chegar neles

  • paulo -

    Sem paixões a casa de Moro caiu.. Ele foi parcial!!! Agora usa de estrategia que é falsa, adulterada... Nas primeiras ele confirmou que eram verdadeiras falando que n foi nada demais... N vai colar

  • Hildebrando -

    Excelente a postura de Moro. A Orcrim do PT tinha certeza absoluta de que era inatingível mas Moro, incrivelmente, conseguiu derrubar a quadrilha. Agradecemos.

Ler 237 comentários