Moro autoriza usar delação da Odebrecht para investigar palestras de Lula

Sérgio Moro autorizou que PF e MPF usem as delações de executivos da Odebrecht para investigar supostos pagamentos irregulares a Lula em contratos de palestras.

Com isso, explica O Globo, os investigadores poderão anexar os depoimentos dos delatores aos processos em que o ex-presidente é acusado.

Já condenado por Moro a nove anos e meio de prisão, Lula responde a outros dois processos: um relacionado à compra do terreno que serviria de sede ao Instituto Lula, outro sobre as reformas no sítio de Atibaia.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 5 comentários
  1. Ô Neto de uma kenga, eu investiguei a delação do doleiro. Ele disse que nem conhece esse tal de Moro. Tá satisfeito agora? Pode ir cobrar a mortadela.

  2. É muito fácil investigar as palestras de Lula. É só reunir numa sala as cinco pessoas que assistiram a todas palestras e perguntar quanto tempo cada um dormiu durante elas.

    1. VC SE ESCONDE AQUI PARA ESCRVER ISSO,PQ NO FACE VC NAO ESCREVE NÉ? VAI LÁ MOÇO QUE TE ACHO.
      APAE PRECISA DE VC.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.