ACESSE

Moro cita ministros do STF que podem votar contra prisão em 2ª instância

Telegram

Ao decretar a prisão de Gerson Almada, da Engevix, Sergio Moro citou pela primeira vez os nomes dos ministros do Supremo que podem voltar pela revogação da execução de pena para condenados em segunda instância:

“Espera-se, enfim, que a jurisprudência que nos permitiu avançar tanto e que é legado do ministro Teori Zavascki não seja revista, máxime por uma Corte com o prestígio do Supremo Tribunal Federal e por renomados ministros como Rosa Weber, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski.”

 

Comentários

  • PAULO -

    Assim como próximo à colheita fica fácil identificar o venenoso joio em meio ao verdadeiro trigo, está ficando cada vez mais fácil identificar os crápulas sem qualquer caráter em meio aos que ainda se preocupam em valer alguma coisa. SÓ NÃO VÊ QUE NÃO QUER...

  • Jorge -

    Dos citados, o Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Marco Aurélio são notórios defensores de bandidos, principalmente dos assaltantes de cofres públicos.

  • Wesley -

    Juiz Sérgio Moro como sempre brilhante, jogando pra torcida, como fez no caso do grampo de Lula e Dilma,,, dessa vez ao nominar os possíveis ministros que poderão rever a prisão em segunda instância ele deixa os mesmo numa situação complicada. Ou seja, não ousem rever a decisão já decidida pois o povo não irá perdoar.. O cidadão está do lado de Sérgio Moro.

Ler 178 comentários