ACESSE

Moro diz que "ninguém sério" questiona poder do Supremo de "dar a palavra final"

Telegram

Em meio à escalada da tensão entre Jair Bolsonaro e o STF, Sergio Moro foi ao Twitter e defendeu que a Suprema Corte deve ser respeitada e tem o poder de dar a “palavra final”.

O ex-ministro da Justiça citou os Estados Unidos — um “país que serve de modelo” — como exemplo.

“Nos EUA, país que serve de modelo a muitos, casos como Marbury v. Madison, 1803; Brown v. Board of Education, 1954; e US v. Nixon, 1974, estabeleceram o princípio da supremacia da Constituição e a Suprema Corte como intérprete. Ninguém sério questiona o poder dela de dar a palavra final.”

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

  • EGIDIO -

    Era um bom servidor público. Virou político, começou a falar merda.

  • Walter -

    Sim, nos Estados Unidos a democracia também é diferente. Lá pode-se criticar as autoridades e instituiçõessem correr risco de ser preso. Realmente, lá é diferente. Sergio Moro é um sábio.

  • AUGUSTO -

    Algum seguidor do "ASNO" entendeu o que disse Dr. Moro? Provavelmente não!! Pois é, em 2022 ele deixará de ser nosso "HERÓI" para ser nosso PRESIDENTE, isso se não houver eleições indiretas antes.

Ler 162 comentários