Moro: “Em 2019, ingressaram mais criminosos nos presídios do que saíram”

No Twitter, Sergio Moro citou neste sábado mais dados para explicar a queda da criminalidade no ano passado:

“Seguindo a orientação do presidente Jair Bolsonaro, estamos sendo firmes com o crime organizado, isolando as lideranças em presídios federais. Em 2019, ingressaram mais criminosos nos presídios do que saíram. Em 2018, havia sido o oposto”, disse.

“342 criminosos perigosos foram transferidos aos presídios federais em 2019. Ao final do ano, eram 624, recorde histórico. Pela lei anticrime, todas as conversas com visitantes são gravadas, o que reduz a possibilidade do envio de ordens para a prática de crimes lá fora.”

Os hackers da Lava Jato (e seus cúmplices) também. Leia mais

Comentários

  • Roberto -

    Parabéns Moro ! Todas essas ações culminam na redução dos crimes. Tamo junto com você em 2022 !

  • Bruno -

    A anta acha que quanto mais gente presa, melhor. A ideia de justiça dele é medieval. O Brasil já tem imensa população carcerária. Isso não resolve nada, mula.

  • LEONARDO -

    E aí! Antas? Alguma opinião a respeito do Moro citar o Bolso no tweet?

Ler 134 comentários