Moro em Davos

O governo Bolsonaro pretende se colocar na vitrine global em janeiro enviando Sergio Moro a Davos, junto com Paulo Guedes.

Assine a Crusoé e leia aqui.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 30 comentários
  1. Moro ter saído da magistratura só indica que não tá valendo a pena ser juiz nesse País. Isso é mau sinal.Se o governo bolsonaro entrar em algum escãndalo vou lamentar por nosso herói moro

  2. Crusoe e a turma de Mainardi e Sabino seguem a mesma linha do gangster Merval Pereira: apoiar apenas a economia e a justiça e desmoralizar o resto. Os saudosos de Alckmin vão perder novamente.

  3. a vida me ensinou que se vc não cosntruir sozinho sua casa, é inutil todas as outras coisas, não se falou nada sobre o problema educacional, depois da necessidade de comer isso é o mais importante

    1. Primeiro a segurança, no momento atual é o que interessa, todo o mais virá em consequência! Ainda que segurança é o principal problema nas escolas, seguido da doutrinação marxista!