MORO ANUNCIA ROBERTO LEONEL PARA O COAF

Sergio Moro anunciou há pouco para o comando do Coaf o auditor da Receita Roberto Leonel, que chefiou a inteligência do órgão na Lava Jato.

O Coaf, atualmente vinculado ao Ministério da Fazenda, será transferido para o Ministério da Justiça. Não haverá mais ‘lista VIP’ de autoridades intocáveis.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Prepare-se para combater esse “velho Brasil”. AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 77 comentários
  1. O Conselho de Controle de Atividades Financeiras/COAF, criado em 1998 (governo FHC) sempre esteve subordinado ao Ministério da Fazenda. Agora subordinado ao Moro, no MJ, terá um ‘upgrade’.

  2. E os famosos “ATOS SECRETOS” no congresso, vcs lembrar deles? quem vai detonar esse troço, na época era o sarnei que detinha esse super poder, só informava alguma coisa se elle quisesse.

  3. Demorou! Foi suado!Foi difícil! Angustiante, mas finalmente vemos que esse governo vai acalentar nosso coração, apertado de indignação, vendo tanta desigualdade e impunidade. Obrigada Bolsonaro e

    1. Enriquecimento ilicito, movimentação sem lastro para tal e outras coisinhas, mas só pra aqueles que são chegados do “Rei”

  4. A ex-ministra Eliana Calmon já disse que existem autoridades intocáveis. Mesmo ela como presidente do STJ não conseguiu fazer com que os juízes dos tribunais médios e superiores pagassem impostos

    1. Me parece que a listagem tem30 mil pessoas: muitos políticos, alguns membros do MP, membros do judiciario, empresários amigos, só amigos, etc. Receita não pode autuar eles, nem abrir a declaraçã

    2. Pergunte a ex secretária da RF, LINA VIEIRA. Ela foi demitida por Lula/Dilma/Erenice, justamente por tentativa de mexer com os VIP.

  5. Moro é sinônimo de MERITOCRACIA, eficiência, produtividade, honestidade, persistência, agilidade, estratégia, justiça, planejamento, respeito, credibilidade, equilíbrio, ação, dinâmica, meta

    1. … e discrição, comunicando apenas o necessário, característica que deve ser copiada por outros colaboradores do Bolsonaro.

    1. Estou entre os que estão na torcida para que dê certo o governo Bolsonaro,mas fica o alerta,não criem grandes expectativas,há muitas forças contrárias às mudanças,sem contar q/ o cobertor do $

    2. Devemos ter sensações invertidas em relação às provocadas pelos governos petistas. Nunca vi perspectivas tão boas para o nosso país. De um lado o PT fora do poder; de outro, governo promissor.