ACESSE

Moro faz relato cronológico de ataques e reafirma ação criminosa

Telegram

Sergio Moro abriu sua fala na CCJ da Câmara recapitulando o ataque hacker que sofreu e reafirmando sua independência quando juiz da 13ª Vera Federal no Paraná.

Ele relembrou que o MPF recorreu de 44 das 45 sentenças que prolatou como juiz, o que desmonta a tese de conluio.

Moro também alertou para a falta de consistência das matérias publicadas por Glenn Greenwald, citando o editorial da Folha – que é parceira do The Intercept nas publicações.

 

"Todo o embasamento jurídico que pode soltar Lula tem partido de Gilmar Mendes..." Confira agora

Comentários

  • agregador -

    Somos todos Moro.

  • Tuka -

    Só não vê quem não quer. Moro é inocente. Força, Moro. O povo de bem, está vc!

Ler 2 comentários