Moro: "Fixação da pena não permite matemática objetiva"

Sergio Moro, entrevistado pela Jovem Pan, comentou o julgamento do STJ, que reduziu a pena de Lula:

“Esse tema da fixação da pena não permite muita matemática objetiva, então é muito comum que juízes divirjam pontualmente. Estou absolutamente tranquilo com essa situação”.

 

Comentários

  • Antonio -

    Os leigos não têm a menor idéia de como se calcula a pena.

  • João -

    Tudo bem, Sr. Dr. Ministro, mas, tão igual por unanimidade? Não é muita coincidência, haja vista que que já trazem os votos prontos? Mistério ...

  • Nina -

    É, Moro, principalmente quando sobre um ministro comprometido com a justiça, como é Felix Fischer, havia a ameaça da perda dos casos da Lava Jato se não votasse contra sua convicção. Triste

Ler 33 comentários