ACESSE

Moro liberta marqueteiro que entregou Bendine

Telegram

O marqueteiro André Gustavo Vieira deixou a carceragem da PF em Curitiba hoje à tarde, por ordem de Sergio Moro, depois de ter passado oito meses na cadeia.

Moro revogou a prisão de Vieira na mesma sentença em que o condenou, juntamente com Aldemir Bendine, por corrupção e lavagem de dinheiro.

Foi o marqueteiro que confessou ter intermediado um repasse de R$ 3 milhões da Odebrecht ao ex-presidente do BB e da Petrobras. Com isso, ele recebeu o benefício do juiz federal e teve sua pena reduzida para seis anos e meio.

Comentários

  • RONALDE -

    O que esse cara devia ter de provas contra o Bendine não está escrito no gibi.

  • Geraldo -

    Isso é ótimo, vou até sugerir ao Moro que parte das penas dos delatores passem para os réus condenados por ele, Não seria legal. Isso sim seria uma delação premiada, sem prejuízo à pena como em um todo. O que acham?

  • josé -

    Parabéns Moro, tudo começou com a primeira sentença. O TRF4 ratifica suas decisões e finalmente podemos vislumbrar uma luz no fim do túnel. Até o final de março, o "sapo barbudo" como dizia Brizola, vai pra graxa e aí sim o resto vai de roldão.

Ler 14 comentários