ACESSE

Moro: "Mais um criminoso que se foi"

Telegram

Maurício Norambuena, chefe de um grupo terrorista de esquerda, condenado por assassinato, foi extraditado para o Chile nesta madrugada.

Sergio Moro comemorou no Twitter:

“Mais um criminoso que se foi. Extraditado com autorização do STF, foi entregue nessa madrugada ao Chile para cumprir as penas, comutada a perpétua para 30 anos, as quais foi condenado naquele país. Brasil não é refúgio para criminosos.”

Bolsonaro está em crise com algumas das instituições-pilares da Lava Jato. Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 120 comentários