Moro: "Mais um criminoso que se foi"

Telegram

Maurício Norambuena, chefe de um grupo terrorista de esquerda, condenado por assassinato, foi extraditado para o Chile nesta madrugada.

Sergio Moro comemorou no Twitter:

“Mais um criminoso que se foi. Extraditado com autorização do STF, foi entregue nessa madrugada ao Chile para cumprir as penas, comutada a perpétua para 30 anos, as quais foi condenado naquele país. Brasil não é refúgio para criminosos.”

Comentários

  • Fátima -

    Juíz babaca.

  • Rosany -

    Aos poucos, a vitória da decência e da justiça vai se realizando. Avante, grande Moro! Criminosos já temos FDP como o j@gunço bêb@do, a anta psicop@t@ e tantos outros que merecem morrer na cadei

  • Marcelo -

    So dando risada so pode ser piada quem deveria esta longe era ele ou preso!

Ler 120 comentários