Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moro, na Crusoé: "Nosso projeto é de vender sonhos, não pesadelos"

Moro diz que "é impossível nos esquecermos das propinas, do assalto à Petrobras, do mensalão - e das consequências nefastas do roubo"
Moro, na Crusoé: “Nosso projeto é de vender sonhos, não pesadelos”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Sergio Moro, em sua coluna na Crusoé, diz:

“Quando decidi voltar ao Brasil, depois de uma temporada trabalhando e morando nos Estados Unidos, aceitei colocar meu nome à disposição e me filiei ao Podemos para contribuir com o projeto dos que acreditam na construção do país dos sonhos: mais justo e menos desigual. E, aqui, não se trata de vender ilusões, enganando as pessoas, mas de acreditar que é possível fazer a coisa certa, do jeito certo, sempre. Foi o que eu disse recentemente, em um debate com representantes do mercado financeiro: nosso projeto é de vender sonhos, não pesadelos (…).

Agora, como cidadão, defendo que é possível continuar seguindo o caminho da lei e da responsabilidade social e econômica. Não podemos nos conformar com o pesadelo do passado que nos ronda e insiste em voltar. É impossível nos esquecermos das propinas, do assalto à Petrobras, do mensalão. E também das consequências nefastas do roubo aos cofres públicos somado ao populismo: recessão, juros altos, pobreza e desemprego”.

Assine a Crusoé e o resto da coluna de Sergio Moro (foto) aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....