ACESSE

Moro: "Não cabe também ao Ministro da Justiça obstruir investigações da Justiça Estadual, ainda que envolvam supostos crimes dos filhos do Presidente"

Telegram

Sergio Moro respondeu à declaração de Jair Bolsonaro de que, como ministro da Justiça, tinha a obrigação de defendê-lo.

Ao reproduzir vídeo com a fala do presidente no Twitter, escreveu que não cabia a ele impedir busca na loja de chocolates de Flávio Bolsonaro, no fim do ano passado.

“Não cabe também ao Ministro da Justiça obstruir investigações da Justiça Estadual, ainda que envolvam supostos crimes dos filhos do Presidente. As únicas buscas da Justiça Estadual que conheço deram-se sobre um filho e um amigo em dezembro de 2019 e não cabia a mim impedir”, escreveu.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

  • Roberto -

    O Moro está fazendo politicagem. Aliás, aprendeu rápido. Frases de efeito, que surtem efeito com desinformados. Que herói e esse que premedita todos os atos desde o dia da posse?tá mais pra traíra.

  • Maria -

    Moro2022. Bolsonaro mentiroso e ditador.

  • Herbert -

    Engraçado, não cabe ao Ministro impedir investigações sobre os atos dos filhos do Presidente. Então porquê não investigaram o Lulinha com a OI? Ele também era filho de presidente.

Ler 139 comentários