Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Moro não pode ser execrado', diz Marco Aurélio

Moro não pode ser execrado, diz Marco Aurélio
Foto: Nilson Jr/SCO/STF

Ao comentar a decisão de seu colega Edson Fachin que anulou as condenações de Lula no âmbito da Lava Jato em Curitiba, Marco Aurélio Mello defendeu Sergio Moro, registra O Globo.

“Não podemos, a esta altura da vida judicante, execrar o juiz Sergio Moro. Ele tem uma folha de serviços prestados ao país”, afirmou o decano do STF.

Marco Aurélio deu a declaração ao responder sobre especulações em relação aos motivos que levaram Fachin a anular as condenações do petista e, ao mesmo tempo, extinguir os processos que questionavam a imparcialidade de Moro.

Mais cedo, como publicamos, o ministro disse à Crusoé que ainda é preciso entender qual foi a base jurídica para a “reviravolta” causada pela decisão de Fachin.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO